Tamanho do sapato infantil – Como escolher?

Tamanho do sapato infantil – Como escolher? 8

Como adultos, muitos de nós sofrem de dores nos pés e problemas relacionados com eles. Enquanto quase 98% das pessoas nascem com os pés saudáveis, apenas 40% delas ainda os têm saudáveis quando chegam à idade adulta. A principal razão para esta queda drástica na saúde dos pés é a prática de comprar sapato infantil de forma errada. Para garantir a saúde dos pés do seu filho, é essencial que os sapatos certos sejam comprados para cada estágio de seu crescimento.

Os pés das crianças crescerão até 12 tamanhos nos primeiros 3 anos de desenvolvimento. Infelizmente, mais de 50% dessas crianças usam sapatos muito pequenos para os seus pés. Usar um calçado adequado é crucial para crianças cujos pés ainda estão crescendo e se desenvolvendo. Como pai ou mãe, saber escolher os sapatos certos para o seu filho é da maior importância.

Comprar sapatos infantis pode ser uma experiência frustrante para pais e filhos. No entanto, ao conhecer os fatores necessários para a escolha correta do calçado, metade da batalha é vencida antes mesmo de chegar à loja.

A anatomia do sapato de uma criança

Para os pais, entender a anatomia do sapato de uma criança é o primeiro passo para escolher o sapato correto para seu filho. Existem muitos componentes diferentes para um sapato, incluindo:

  • Área interna – a área onde os dedos se encaixam; deve fornecer espaço suficiente para o desenvolvimento saudável e desobstruído do pé da criança
  • Palmilha – o preenchimento inserido na parte inferior do sapato; deve ter controle de odor e propriedades antibacterianas
  • Palmilha anatômica – palmilha personalizada para o interior do sapato; deve oferecer apoio adicional e melhorar o equilíbrio e a postura da criança
  • Forro – a cobertura para o interior do sapato; deve proporcionar conforto e permitir que os pés respirem
  • Sola – a camada inferior do sapato; deve ser flexível e antiderrapante
  • Calcanhar – a parte traseira da camada inferior do sapato; deve fornecer absorção de impacto aos pés da criança
  • Estabilizador de calcanhar – a parte que forma o calcanhar; deve fornecer apoio adicional aos tornozelos e pés da criança enquanto caminha

Coisas para manter em mente ao escolher o sapato certo

Escolher o tipo certo de calçado para cada criança exige cautela e cuidado com diversos fatores, entre eles:

Idade da criança

É importante abordar a idade da criança ao escolher o sapato correto para cada estágio do desenvolvimento do pé. Os requisitos de calçados para bebês, crianças pequenas e crianças maiores são muito diferentes. Cada um deles exige diferentes tipos de calçados e materiais necessários para garantir o crescimento e desenvolvimento saudável dos pés.

  1. Bebês:

No início de suas vidas, os bebês têm apenas 1 osso em seus pés. Isso ocorre porque, nesse estágio específico de desenvolvimento, seus pés contêm mais cartilagem do que ossos, que com o tempo se fundem e endurecem formando ossos de um pé adulto. 

Portanto, os pés delicados de um bebê exigem meias de algodão ou sapatos macios com solas de couro macio. 

Esses sapatos também devem ter boa ventilação, pois os pés das crianças suam o dobro dos pés dos adultos.

  1. Toddlers:

A aquisição dos sapatos certos para esse estágio de desenvolvimento é essencial a cada três ou quatro meses

Os sapatos devem ter espaço suficiente para que os dedos dos pés se movam confortavelmente, enquanto ainda sustentam o tornozelo. O amortecimento adequado da palmilha é imprescindível, pois esses pequenos tornados estão prontos para ficar em pé durante todo o dia.

  1. Crianças pequenas (até 6 anos):

Nesta fase, os sapatos devem oferecer um grande amortecimento no interior, ser feitos de materiais respiráveis ​​e garantir o apoio adequado do calcanhar e do tornozelo para a criança. No mais precisam ser leves e flexíveis. Os pais devem verificar o tamanho do calçado de seus filhos a cada seis meses para garantir um ajuste adequado e um crescimento saudável dos pés até a adolescência.

Gostou desse artigo? Receba os novos artigos em primeira mão na sua caixa de e-mail!

Tamanho de sapato


É importante verificar constantemente o tamanho dos pés em crescimento da criança. O tamanho dos pés devem ser medidos no final do dia, quando os pés estão mais inchados

O comprimento do pé da criança deve ser medido em casa usando uma das seguintes técnicas:

  • Meça da parede ao dedo do pé
    Peça à criança que fique de pé contra uma parede com os pés apoiados no chão e desenhe linhas onde os dedos mais longos de cada pé terminam. Marque isso no chão e meça a distância da linha até a parede.
  • Desenhe um esboço
    Peça à criança que fique em pé em cima de um pedaço de papel no chão e trace o contorno dos pés da criança sobre ele. As crianças mais novas são especialmente receptivas a esse método, pois pensam no processo de traçar os pés como um jogo divertido. Meça do calcanhar do contorno até o dedão mais longo.
  • Consulte o gráfico do tamanho do calçado
    Depois de medir os pés da criança, use um “gráfico ou tabela de tamanho” da marca desejada para encontrar o sapato de tamanho correto para a criança.  Se o tamanho cair no meio entre duas medidas, opte sempre pelo maior. Lembre-se que um pé é naturalmente maior que o outro, por isso é importante encaixar o sapato no pé mais comprido.
  • Use um modelo
    Para mamães mais detalhistas -Trace os pés da criança em um pedaço de papelão.
    Adicione 12 mm de espaço ao contorno inteiro. 
    Usando uma tesoura, recorte esta forma e coloque-a no sapato. Se a inserção se encaixa no sapato, é o tamanho correto.
    Ótima opção para quando se vai a uma loja de calçados sem a presença do bebê.

Material do sapato

Os sapatos que são comprados para crianças pequenas precisam ser respiráveis, flexíveis e ter propriedades antibacterianas. Os pés das crianças suam de 2 a 3 vezes mais do que os dos adultos. 

Manter os pés secos é essencial para impedir o crescimento de bactérias e fungos que causam sapatos fedorentos e pés com chulé. 

Os melhores materiais para os sapatos da criança são os naturais, como lona ou couro. 

Cada um desses materiais permite que os pés da criança respirem, evitando a umidade e proporcionando a circulação de ar dentro do sapato , enquanto ao mesmo tempo oferece proteção para os pés. 

Este interior de proteção permite que a criança jogue e passeie o dia todo sem ter bolhas, chulé ou sentir qualquer desconforto. Além disso, os sapatos feitos de materiais naturais são moldáveis ​​e se expandem com as mudanças do pé ao longo do dia.

ATENÇÃO: Materiais plásticos e sintéticos não possuem essas propriedades – Portanto, esses materiais evitam que os pés minúsculos da criança respirem, pois os sapatos mantêm a umidade, criam feridas e bolhas e estimulam o crescimento bacteriano. 

Palmilhas

Devido à má circulação de ar nos calçados e seu uso prolongado, os minúsculos pezinhos da criança começarão a suar muito em breve, levando ao desenvolvimento potencial de fungos e bactérias que causam o odor dos pés e dos sapatos.

Além das dicas acima mencionadas sobre como ajudar os pés do seu filho a respirar, estes problemas comuns podem ser evitados usando uma palmilha especializada, ou seja, uma camada removível colocada dentro do sapato que proporciona conforto extra e apoio aos pés da criança.

A inserção de palmilhas de formato anatômico oferece às crianças um nível extra de estabilidade e conforto, melhorando o equilíbrio e a postura da criança. 

Elas são adequadas para uso durante todo o dia e são construídas para ajudar a absorver o impacto do calcanhar enquanto a criança anda por aí, além de dar um poder extra de agarrar aos dedos dos pés. 

Algumas marcas de calçado infantil como a Gambo tem em todos os seus modelos palmilhas anatômicas e forradas com couro que permitem o respiro.

Estrutura de sapato

A escolha de sapatos adequadamente estruturados garantirá o desenvolvimento saudável dos pés em crescimento da criança. Estudos indicaram que as crianças mais novas precisam de calçados mais flexíveis porque ainda têm pequenos ossos e tendões macios em seus pés. 

Portanto, elas exigem um sapato que seja flexível o suficiente para permitir a liberdade de movimento, mas robusto o suficiente para oferecer o suporte necessário para estabilidade e equilíbrio, sem coibir o crescimento adequado do pé.

Flexibilidade

Os melhores calçados para as crianças são os sapatos com solas flexíveis que se dobram com o pé da criança a cada passo, oferecem apoio no centro do calçado para evitar torcer os pés e dar absorção de choques e estabilização nos calcanhares

A parte inferior do sapato precisa ter uma superfície texturizada com propriedades antiderrapantes. É importante poder alargar os sapatos para fins de vestir, portanto, os sapatos com cadarços ou velcro são de grande ajuda para os pais.

Ajuste confortável

O ajuste do sapato deve ser confortável sem cair.  

Os sapatos devem estar confortáveis ​​o suficiente para ficarem parados sem que o calcanhar do pé saia do sapato enquanto a criança está se movendo.

Depois de verificar o material dos sapatos (respirabilidade) e a estrutura (estabilização do calcanhar, firmeza média e flexibilidade), é hora de a criança experimentá-los:

  • Ao experimentar os sapatos, as crianças devem ficar de pé, com o peso uniformemente distribuído nos dois pés e os dedos dos pés apoiados numa extensão natural.
  • Ao verificar o comprimento, deve haver cerca de 12 mm de espaço entre o dedo mais longo e o final do sapato, para que os dedos se espalhem para melhor conforto e estabilidade.
  • Pressionando a parte superior do sapato irá revelar onde os dedos estão localizados, e se eles são pressionados com muita firmeza contra a parede do sapato. Todos os dedos dos pés devem poder mover-se livremente.
  • Espremer o material do calçado nas laterais indicará se a largura do calçado é aceitável.
  • A parte de trás do sapato deve se encaixar perfeitamente quando você inserir o dedo entre o calcanhar e a parte de trás do sapato.
  • Com os sapatos, a criança deve ficar de pé e andar um pouco. Depois de tirar os sapatos, não deve haver marcas deixadas nos pés da criança, assegurando que não há necessidade de a criança passar por um período de “lacear” de seus sapatos e permitir que elas usem os sapatos imediatamente.

Espero que agora fique mais fácil para você encontrar o tamanho ideal de sapatinho para seus filhos. Não esqueça de compartilhar esse texto em suas redes sociais. Essa informação é de grande valia para todos os papais e mamães.

Sou Marília Tannuri Verni. Mãe de 2 meninos (Ian – 12 anos e Lorenzo – 5 anos), publicitária, idealizadora do portal Grávida em Campinas e proprietária da loja infantil on line Petit Papillon Bebê & Criança. Uma apaixonada pelo universo infantil e por todas as chances que a maternidade nos proporciona.

8 Comentários

  1. Muito honrada em ter meu texto publicado nesse site tão conceituado.

    1. Obrigado pelo incrível artigo, Marilia! Agradecemos bastante por ter nos enviado este conteúdo tão completo com muitas informações importantes e interessantes.

  2. Obrigado pelas informações. Tenho um filho de 5 meses e não sabia de muita coisa aí. Parabéns.

    1. Obrigado pelo comentário, Gustavo! Ficamos muito felizes em saber que te ajudou de alguma maneira estas informações!!

  3. Artigo bem completo, vai ajudar os papais e mamães a escolherem melhor os calçados de suas crianças

    1. Obrigado pelo comentário, Fernando! Esperamos ajudar bastante os papais e mamães!!

  4. Meu filho tinha problema com o pézinho dele que inchava, depois que acertei o número esse problema passou!!!

  5. Muito bom o post! muito obrigado!

Deixe uma resposta