Imaginar e educar: Como desenvolver a imaginação dos seus filhos 2

Seus filhos passam tempo demais na frente do celular ou da televisão? Você acredita que eles não estão desenvolvendo a imaginação? Será que a falta da imaginação interfere no desenvolvimento dos pequeninos?

Essas são uma série de perguntas que todo pai ou mãe já devem ter se feito. Pois, a imaginação é algo que faz parte do nosso cotidiano. Vira e mexe nos pegamos perdidos em nossos pensamentos, imaginando como será o final de uma série ou livro que estamos lendo, o futuro dos nossos filhos, o passeio do fim de semana e muitas outras coisas. Em linhas gerais, as fantasias guiam as nossas expectativas e sonhos.

Exercitando a imaginação dos seus filhos
A imaginação cria a ponte entre a ficção e a realidade, permitindo a criança sentir, pensar e agir a partir de fantasias próprias.

Assim como nos adultos, a imaginação desempenha um papel muito importante na vida das crianças. Continue lendo até o final, pois neste artigo você vai aprender sobre o mundo maravilhoso que habita no interior dos pequeninos e algumas dicas que podem te ajudar a exercitar a imaginação dos seus filhos.

O que é a imaginação?

Segundo o site Conceito.de:

“Imaginação é a faculdade de uma pessoa para representar imagens de coisas reais ou ideais. Trata-se de um processo que permite manipular a informação criada no interior do organismo (sem estímulos externos) para desenvolver uma representação mental. ”

Conceito.de
A imaginação parte de situações reais ou histórias contadas para então ser formada com novos objetos sem nenhum fundamento na realidade

Neste sentido, a imaginação possui duas peculiaridades: uma externa, quando tratamos das coisas ao nosso redor, e uma interna, quando falamos as nossas percepções e fantasias. Ambas são responsáveis por desenvolver, combinar, reformular e manipular as informações da memória ou criar novos objetos sem nenhum fundamento na realidade.

Em nossos filhos, a fantasia surge como uma tentativa de explicar a realidade. Neles ainda estão sendo formadas as conexões sobre a realidade que servirão como guia para a vida toda. Por esse motivo, não é incomum observarmos que algumas crianças pequenas confundem o mundo real com o muito imaginário.

Crescer é imaginar

Vários estudos apontam que a imaginação e a criatividade exercem um papel fundamental durante o desenvolvimento físico e emocional dos nossos filhos.

A imaginação trás benefícios ao longo da infância

Podemos apontar vários benefícios que a imaginação é capaz de proporcionar ao desenvolvimento infantil:

  • Desenvolvimento da Linguagem: ainda que de maneira fictícia, quando as crianças têm espaço para se expressar sem medo de serem corrigidas, elas são capazes de explorar novas palavras, sotaques e idiomas;
  • Desenvolvimento Físico: quando são encorajadas a realizar brincadeiras criativas, as crianças podem desenvolver novas aptidões físicas e uma coordenação motora mais sofisticada;
  • Desenvolvimento Social: as crianças são capazes de imaginar os mais diversos cenários, problemas, situações, conflitos e resoluções, nestas situações, elas são desafiadas a lidar com diferentes personalidades e adversidades;
  • Desenvolvimento Emocional: durante as brincadeiras de “faz de conta”, as crianças também imaginam um universo de emoções que seus personagens podem sentir (negativas ou positivas), o que estimula a empatia e cuidado ao próximo;
  • Habilidades Mentais: pensamento crítico e a resolução criativa de problemas se tornam mais fáceis para crianças que tiveram a imaginação estimulada;

Ainda mais, imaginar é um ótimo recurso didático, capaz, através de metáforas e fantasias, ajudar as crianças durante a aprendizagem.

Como estimular a imaginação das crianças?

Infelizmente, os padrões rígidos das escolas, a monotonia da vida cotidiana e a falta de estímulo, podem levar a trágica perda da imaginação. Todavia, existem algumas práticas que podem te ajudar a tirar o celular das mãos dos seus filhos e os libertar para o mundo da imaginação. São exemplos:

Crianças Pequenas

  • Explorar materiais plásticos, como melecas feitas a base de água;
  • Deixem elas se sujarem ao brincar;
  • Faça o uso de giz de cera (não tóxicos);
  • Ouvir músicas;

Crianças após os 5 anos

  • Convidar para brincar de “faz de conta”;
  • Jogar jogos de tabuleiro e de cartas;
  • Incentive os hobbys e as habilidades, como desenhar e o cantar;
  • Reinvente artesanalmente os objetos do cotidiano;
  • Conte histórias antes de dormir;

Por fim, em ambas as idades e fases, limite o uso de eletrônicos. Existem muitas outras dicas e práticas que podem te ajudar a estimular a imaginação dos seus filhos.

Imaginar é tão fundamental quanto caminhar. Ainda mais na infância, a imaginação desempenha um papel fundamental e de extrema importância para o desenvolvimento infantil.

A prática constante do exercício da imaginação trás benefícios inestimáveis aos seus filhos

Instigue os seus filhos a brincar, contar histórias e conversar sobre os mais diversos assuntos. Valorizar a imaginação infantil é valorizar a qualidade de vida dos nossos filhos.

Gostou do artigo? Quer ler mais sobre esse assunto? Acompanhe nossa página e siga-nos no Facebook e Instagram.

Você também poderá gostar de:

2 Comentários

  1. A imaginação é tão importante que é responsável pelo crescimento de adultos sadios. Ela faz parte da estrutura emocional de qualquer pessoa que pretende agir nesse mundo.

  2. Desenvolver a imaginação é de suma importância para estimular competências emocionais em pessoas sadias. Em alguns casos é uma porta aberta para a criatividade em desenhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *